fbpx

Como fazer o controle de estoque de farmácia? Descubra agora!

O controle de estoque da farmácia é uma das etapas mais importantes na administração da mesma. Além de ajudar na organização do estoque, o controle faz com que os funcionários também saibam exatamente o que tem e, conseqüentemente, o que oferecer aos clientes.

Existem muitas farmácias e, geralmente, elas estão sempre muito próximas uma da outra. Assim, caso o cliente não encontre um produto em sua farmácia ele pode partir para outra e, é possível que ele não tente comprar na sua uma segunda vez. Assegurar a fidelidade de um possível comprador é muito importante na formação de uma clientela freqüente.

Nesse texto você vai encontrar algumas dicas práticas de como fazer o controle de estoque da sua farmácia, além de descobrir porque se atentar para essa etapa é tão importante. Confira!

Por que é importante realizar o controle de estoque de farmácia?

O estoque demanda uma organização equilibrada. Em outras palavras é preciso se atentar para a falta ou o excesso de produtos. Desorganização é a palavra vilã nessa questão, afinal, tanto a desorganização física quanto a administrativa faz com que esse equilíbrio se perca. Assim, para assegurar a satisfação dos seus clientes é importante se atentar para alguns detalhes importantes.

Cada produto disponibilizado no mercado conta com um prazo de validade. Essa informação parece óbvia e pode até ser, porém no caso dos medicamentos em que a saúde dos seus clientes está em risco é ainda mais essencial se atentar para esses prazos na hora do controle do estoque.

A validade dos medicamentos deve direcionar a sua compra: se é um produto que vence mais rápido, analise primeiro a procura por ele e apenas então faça o pedido tendo em mente que este não é um produto que pode ficar na prateleira indefinidamente.

É possível elencar algumas das vantagens em fazer o controle de estoque de farmácia:

  • Controlar a quantidade de produtos nas prateleiras;
  • Organizar melhor as seções;
  • Evitar estoque ineficaz de produtos;
  • Ter maior controle sobre os prazos de validade dos produtos;
  • Fazer apenas as compras necessárias direcionadas pelos relatórios.

Como fazer o controle de estoque de farmácias e drogarias?

Tendo em mente a importância de fazer o controle do estoque de farmácia, saiba como aplicar algumas dicas para otimizar o seu espaço e evitar gastos e perdas desnecessárias. Confira abaixo algumas dicas:

Gerencie a entrada de mercadorias

Conheça o seu fornecedor e procure estabelecer sempre uma relação de respeito e confiança, afinal, erros podem acontecer em relação a logística de compra e entrega, sendo assim, minimizar as chances de esses erros ocorrerem é um passo importante para manter o seu negócio atuando de forma correta.

Tenha em mente que eventos costumam ser encadeados, ou seja, se acontece uma coisa errada, as chances de esse erro se perpetuar em toda a corrente são maximizados. Assim, assegure-se de que esses erros não aconteçam. Confira a lista de pedidos, confira os produtos na hora da chegada e só assine a nota caso tudo esteja de acordo com o que você solicitou.

Caso você esteja pensando que conferir produtos é um trabalho demasiado cansativo, saiba que já existem sistemas que são capazes de conferir automaticamente o estoque e de liberar relatórios precisos. Portanto, pode ser que seja a hora de implementar um facilitador desses na sua empresa.

Controle as datas de vencimento

Produtos vendidos em farmácias costumam ter prazos de validade bem específicos, afinal, ou são medicamentos que atuam diretamente na saúde e bem estar das pessoas, ou então doces, alimentos processados, ou então artigos de higiene pessoal. Saber qual é a validade desses produtos é uma forma de evitar a perda de dinheiro.

Se você estiver prestes a perder um lote de determinado tipo de mercadoria, ao conhecer a data de validade é possível fazer uma promoção por tempo limitado que possa chamar a atenção do público ao mesmo tempo em que previne a perda do capital investido.

Verifique periodicamente o seu estoque

A análise periódica do estoque vai te ajudar a antecipar a necessidade de reposição, de fazer alguma promoção para se livrar daqueles próximos do vencimento, ou mesmo aqueles que já não são mais comercializáveis. Se possível, faça essa checagem ao menos uma vez ao mês.

O tamanho da sua farmácia pode influenciar no período entre momentos de análise do estoque. Se for uma farmácia pequena, faça esse controle a cada 30 dias. Se for uma farmácia maior e, conseqüentemente, com uma demanda maior de produtos, procure fazer a cada 15 dias.

Liste os medicamentos com maior e menor fluxo de vendas

Baseado nos índices de venda faça uma lista dos medicamentos que mais vendem e dos que menos vendem. Ter essas informações em mãos é de extrema importância na hora de comprar e reabastecer o seu estoque. 

Não faz muito sentido manter grande quantidade de produtos que não vendem e comprar poucas unidades do que sai com maior freqüência. E esse é o tipo de confusão que pode ocorrer se não há um controle de estoque de farmácia que seja eficiente.

Tenha em mente que o seu fluxo de caixa vai apresentar as vantagens desse cuidado maior na hora da compra. Investir dinheiro em estoque deve ser uma decisão pensada com grande cuidado, afinal, negócios podem apresentar grande dificuldade caso não haja atenção nesse sentido.

Atente-se também para os prazos de validade e para os prazos de entrega dos medicamentos, afinal, para manter o seu estoque sempre preenchido com é importante calcular os prazos que o produto pode passar em trânsito. 

Empregue as ferramentas de gestão

O estoque é o elemento mais importante da sua farmácia, afinal, é um negócio direcionado a produtos físicos de utilidade imediata. Não é como se o seu cliente pudesse esperar alguns dias até que seu medicamento para dor estivesse disponível. Dessa forma, o controle de estoque de farmácia deve ser uma prioridade.

Com a tecnologia alguns facilitadores chegaram ao mercado para ajudar os gestores a otimizarem o tempo e a cuidarem melhor de seus negócios. Ferramentas de software desenhadas especificamente para a atender a tarefas de rotina como planilhas de controle de estoque, de informações de funcionários ou mesmo de tabelas de preços e informações diversas já são uma realidade.

Desta forma, sua rotina pode ficar muito mais simples com a implementação dessas ferramentas que são desenvolvidas para guardar informações importantes. Softwares de gestão são a nova palavra em eficiência e podem trazer muitos benefícios ao seu dia-a-dia.

Gostou das dicas que trouxemos neste texto? Então, não deixe de conhecer o Vetor Farma e descubra como o sistema pode contribuir para o crescimento do seu negócio no varejo farmacêutico!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *