fbpx
5 boas práticas para aumentar a lucratividade de Farmácias e Drogarias

5 boas práticas para aumentar a lucratividade de Farmácias e Drogarias

Pensar estratégias para aumentar a lucratividade nas farmácias e drogarias é uma forma de driblar a crise econômica, e também de implementar ações que possam maximizar o lucro mesmo em um momento em que a tendência do mesmo é diminuir. É inegável que o lucro é o objetivo central de qualquer empresa, sendo assim é preciso pensar de forma a não tomar decisões erradas que possam comprometer orçamento.

Com a crise econômica, muitos proprietários estão vendo os números diminuírem a cada dia. Nesses momentos de incerteza, o papel dos gestores e as estratégias utilizadas são de extrema importância para que o negócio consiga sobreviver e esperar por tempos melhores. Existem formas de driblar a crise e aumentar os lucros, para isso basta analisar a situação e pensar em movimentos estratégicos. 

Tendo essas preocupações em mente, preparamos algumas dicas que podem auxiliar na maximização do lucro, diminuindo a queda do faturamento e driblando a crise econômica. Para saber mais sobre o assunto continue a leitura e confira os tópicos a seguir!

O que é lucratividade, afinal?

Lucratividade é um indicador que analisa o ganho da empresa, ou seja, trata-se de calcular os valores líquidos em relação aos gastos. Em outras palavras, uma farmácia conseguiu uma boa lucratividade se, ao final de um determinado período, ela conseguiu um valor líquido mesmo após realizar o pagamento de todas as suas despesas. Isso configura uma boa lucratividade.

O cálculo para analisar a lucratividade leva em consideração o lucro líquido dividido pelo valor da receita bruta alcançada. Para saber a porcentagem que o valor representa, basta multiplicar o resultado por 100. Assim:  

Lucratividade = lucro líquido / receita bruta x 100

Portanto, pensar em aumentar a lucratividade de sua farmácia é essencial para o bom andamento do negócio. Também é importante para que o trabalho exercido e os valores recebidos não sejam anulados pelos gastos.

Então, como melhorar a lucratividade de uma farmácia?

Para aumentar a lucratividade de farmácias é preciso implementar algumas estratégias que possam fazer a diferença. Confira a seguir, alguns exemplos!

1. Crie novas ofertas

Ofertas são maneiras certas de atrair clientes e até mesmo aumentar o seu público comum. No entanto, é preciso conhecer melhor a sua clientela, saber quais são os produtos mais procurados, quais deles atraem mais a atenção. Desta forma, fica mais fácil saber qual é a promoção que tem maiores chances de trazer benefícios para a sua farmácia.

Por meio da pesquisa de interesses você também ficará sabendo qual é o ticket médio do seu estabelecimento. O ticket médio é um conceito que ajuda o gestor na hora de calcular qual é o valor médio gasto por cada cliente.

Farmácias não são mais um espaço exclusivo de medicamentos e sim de produtos diversos como cosméticos, perfumaria, doces diversos, recargas para celular e até mesmo um espaço para pagamentos de boletos. Todas essas opções servem para atrair um público mais amplo e lucratividade de farmácias.

2. Invista em marketing

Com a internet e as redes sociais, as opções de ferramentas que podem ser utilizadas para o marketing são variadas. Instagram, Facebook, Twitter, Pinterest e Youtube são algumas das plataformas mais populares na hora de fazer a propaganda aumentar a lucratividade da sua farmácia. Além disso, essas redes sociais são interessantes para manter o contato direto com os clientes.

Outra vantagem das redes é que fica bem mais fácil conhecer as demandas do seu público alvo, e também simplifica o processo de fidelizá-lo. A gratuidade das redes também potencializa o lucro, uma vez que você não vai precisar desembolsar grandes quantias de dinheiro para manter as postagens.

Com a ajuda das redes é possível investir em promoções que foquem determinado público, por exemplo, aqueles pacientes que fazem uso de medicamente contínuo, ou seja, quem precisa comprar todos os meses. Assim, você pode fazer uma promoção que beneficie esse público e lucratividade de farmácias.

3. Aplique métodos de administração

A administração do seu comércio é a parte mais importante, afinal, todos os outros departamentos de interesse passam obrigatoriamente pela forma como ele é estruturado. Alguns pontos essenciais, por vezes podem passar despercebidos por falta de tempo ou de organização, assim, a administração mais atenta pode ajudar a aumentar a lucratividade de farmácia.

É importante atentar para a reposição dos estoques, por exemplo. Uma farmácia não pode correr o risco de ficar sem determinado medicamento ou produto, afinal, existem muitas outras e, geralmente, são localizadas próximas umas das outras. Sendo assim, assegurar que o seu cliente sempre tenha o que procura é uma forma de mantê-lo fiel.

A análise de estoque passa também pela análise do padrão de compras, como é feito o orçamento do produto e como é feita a escolha? Esses são pontos essenciais a serem pensados na hora da reposição do estoque. Existem métodos que podem ser utilizados na hora da compra, sendo que um deles é a Curva ABC.

Este método buscar classificar os produtos de acordo com a demanda, ou seja, produtos classificados como A são aqueles que não podem faltar; os produtos B são aqueles que vendem com certa freqüência, porém oscilam. E os produtos C são aqueles que quase não são comercializados.

4. Saiba interpretar os números

A interpretação dos números é essencial na gestão de uma farmácia. Saber qual é o valor de compra dos medicamentos e produtos, saber qual é o valor de venda e qual é o lucro esperado é muito importante para que o negócio possa se manter saudável e eficiente.

Para obter alta performance na gestão do seu negócio, existem alguns dados que devem ser compilados de forma a prover um banco de dados que seja confiável. Tenha em mente que deve se atentar para o DLP (Demonstrativo de Lucros ou Perdas) e também para o DFC (Demonstrativo de Fluxo de Caixa). 

Com os resultados desses dois demonstrativos é possível analisar como está a sua farmácia e quais são os números esperados no longo prazo. Hoje em dia não é mais preciso fazer esses cálculos na caderneta. Existem softwares especialmente desenhados para rotinas comerciais em que todos os dados podem ser consultados, além de prover indicativos que informam sobre a situação real do negócio.

5. Reduza os custos

É de conhecimento geral que um negócio pode custar muito caro, com uma série de gastos previstos e imprevistos que acabam diminuindo a margem de lucro. Para diminuir esses gastos é preciso investir em algum facilitador que possa te ajudar a gerir melhor a sua farmácia.

Softwares de gestão são ferramentas que te ajudam a administrar o seu negócio, controlando níveis de estoque, fazendo inventário dos mesmos, controle de preços e também diminuindo a quantidade de pessoas envolvidas no serviço. Assim, economiza-se na otimização do trabalho e evita gastos com horas extras. 

Como você pode ver, existem soluções aplicáveis para aumentar a lucratividade da sua farmácia. Portanto, caso tenhamos apresentado dicas úteis neste post, não deixe de se inscrever em nosso Canal no Youtube, para acompanhar de perto todas as novidades que compartilhamos por lá!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *